Quarta-feira
20 de Setembro de 2017 - 

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Previsão do tempo

Hoje - Cuiabá, MT

Máx
39ºC
Min
24ºC
Predomínio de

Hoje - Campo Grande, MS

Máx
35ºC
Min
21ºC
Predomínio de

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,12 3,12
EURO 3,73 3,73
LIBRA ES ... 4,21 4,21

OAB/MS considera reajuste de pedágio da BR-163 inoportuno

Os nove pontos de pedágio da BR-163 vão sofrer reajuste de 8,6% nesta quinta-feira (14). A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS), irá pedir uma liminar para evitar o reajuste enquanto a empresa não retomar as obras. “Esse aumento na cobrança do pedágio é inoportuno, é um reajuste abusivo, acima da inflação do período, principalmente porque as obras estão paralisadas e a população continua pagando pelo pedágio. Vamos pedir uma inspeção judicial para que seja verificada se está ocorrendo, de fato, a duplicação. Caso as obras não sejam retomadas, vamos pedir a suspensão da cobrança para evitar ainda mais prejuízos aos contribuintes”, ressaltou o Presidente da OAB/MS, Mansour Karmouche. Também será feito estudo quanto ao contrato para analisar se há essa clausula de reajuste e como esta funciona. A OAB/MS entrou na Justiça contra a empresa logo após o anúncio, em 12 de abril, da suspensão da duplicação da rodovia. Desde então, a empresa não informou a OAB/MS se retomaria ou não a duplicação. Nesta semana, a CCR MS Via informou que aumentará o pedágio em todas as praças, com valores de R$ 0,40 a R$ 050 por ponto.
13/09/2017 (00:00)
Visitas no site:  433633
© 2017 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.