Quarta-feira
20 de Setembro de 2017 - 

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Previsão do tempo

Hoje - Cuiabá, MT

Máx
39ºC
Min
24ºC
Predomínio de

Hoje - Campo Grande, MS

Máx
35ºC
Min
21ºC
Predomínio de

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,12 3,12
EURO 3,73 3,73
LIBRA ES ... 4,21 4,21

Empresa de telefonia terá que pagar R$ 1,5 milhão para ex representante

Em Itajaí, o juiz titular da 1ª Vara Cível, condenou uma empresa de telefonia a pagar indenização no valor de R$ 1,5 milhão em favor de ex-representante que atuou em nome da empresa por cerca de 11 meses na região. Os autos informam que o profissional, por motivação da empresa, montou seu próprio negócio, com a sequencial efetivação de contrato de prestação de serviços entre as partes. O contrato, com duração de 12 meses, prorrogáveis por mais 24, foi rescindido pela telefonia no 11º mês, sem motivo algum. Segundo o representante, ele foi usado na pulgação e pulverização da marca da telefônica para, na sequência, ser excluído dos negócios e oprimido pelo poder econômico da então parceira. Na sentença, o juiz estabeleceu indenização por danos morais e materiais no montante de R$ 106 mil, acrescidos de R$ 1,4 milhão a título de perdas e danos – estimativa do rendimento líquido que o representante poderia auferir com a manutenção do contrato. Cabe recurso ao Tribunal de Justiça.
14/09/2017 (00:00)
Visitas no site:  433610
© 2017 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.